4/04/2015

Resenha: A Bandeja - Qual pecado te seduz?

Titulo: A Bandela - Qual pecado te seduz?
Autora: Lycia Barros
Editora Danprewan
Páginas: 251

Sinopse: "A Bandeja" conta a história de Angelina, jovem de 19 anos, que ao entrar para a universidade, inicia um apaixonado envolvimento amoroso com um de seus professores, Alderico - mais conhecido por Rico. Por conta de toda a avassaladora e descontrolada paixão que envolve esse relacionamento, Angelina começa a viver somente para Rico, colocando seus estudos, seus amigos, sua família, sua religião e até mesmo a si própria em segundo plano. Angelina é evangélica por tradição familiar e não exatamente por convicção religiosa. Porém, inesperadamente, tem um estranho sonho, cujas revelações possuem um forte e marcante significado, que ela somente conseguirá compreenderá mais tarde. Quando a grande verdade é revelada para Angelina no momento certo, ela finalmente compreende o que significa o amor de Deus em sua vida.

Resenha: Angelina de 19 anos vive em Petrópolis com a sua família, mas se muda para Rio de Janeiro para cursar a faculdade. Morando agora em uma republica, ela vê sua rotina e convivência totalmente mudada. Acostumada com um ambiente evangélico, Angelina começa a passar por situações que pode colocar abaixo os ensinamentos cristãos que recebeu durante a vida. Começando por Alderico, ou Rico como é chamado. Rico é professor na instituição em que Angelina estuda, um cara de boa aparência, apaixonante, educado e bem bonito, essas características serão o suficiente para desviar nossa personagem do caminho que ela deveria seguir.

A Bandeja é um livro nacional que soube tratar de forma natural o lado da religião. Um assunto que atualmente não é tratado de forma bem aceita por todos, por conta de vários motivos que já estamos cansados de ver e ouvir. Talvez esse tenha sido uma das coisas que mais me chamou atenção neste livro e como ele foi bem recebido por todos. A escrita da autora também deve ganhar relevância, é leve e a leitura flui de forma fácil. 

Os personagens tem um toque especial de realidade, algo que é muito importante quando se está construindo uma história. Fazer com que o leitor tenha sensações reais e se identifique durante a leitura deixa o livro ainda mais especial. Temos como exemplo o fato de Angelina não enxergar nada na sua frente além de Rico, é o que acontece quando começamos a nos fixar em algo ou alguém, esquecemos das coisas ao nosso redor, das pessoas que deveríamos dar o real valor. E é o que vemos acontecer na realidade.

O cenário do livro também foi bem descrito, os sonhos que Angelina teve das bandejas (não darei detalhes), foi muito significativo para a moral da história. A Bandeja é um livro bem reflexivo, te faz parar e pensar: O que você está fazendo da sua vida? Como está sua fé? Você está fazendo as escolhas corretas? E principalmente, você está dando valor para as coisas certas?
-Bruna Alves

3 comentários:

  1. Excelente resenha, Bruna. Estou louca para ler esse livro.
    ;)

    ResponderExcluir
  2. Linda sua resenha, sou louca para ler A Bandeija, já li o livro da Angelina com o não contarei. rs

    Beijocas.

    www.modaeeu.com.br

    ResponderExcluir