4/18/2015

Ler para uma criança pode fazer a diferença



A leitura de livros está ficando cada vez mais distante da realidade dessa nova geração, aqueles momentos em que as crianças entravam em uma biblioteca com curiosidade nos olhos estão se tornando raros. E o que vem chamando a atenção é a questão do por que isso está acontecendo e o que pode ser feito para mudar.

Os brasileiros estão lendo menos a cada dia e a falta desse hábito está sendo repassada para as próximas gerações. É fato que a leitura influencia bastante no nosso dia a dia e não precisa ser um gênio para saber disso, pois seus benefícios são inúmeros e o conhecimento é infinito. O exercício da leitura de livros é algo poderoso para o cérebro, ela estimula a memória e expande a capacidade da nossa mente. Além de estimular a criatividade e a auto compreensão do mundo.

Emília Contel, professora do ensino fundamental de Guararapes (SP), afirma que uma das melhores formas de incentivar a leitura dos alunos é expondo desde pequenos os livros coloridos com histórias de aventura. “Tem que ser histórias legais e que chamem a atenção dos alunos”, recomenda a professora. “Gosto dos livros que meu pai lê pra mim e as histórias com desenhos coloridos me ajudam a desenhar e a escrever”, afirma Pedro Lima,7, que está no 3º ano do ensino fundamental.

As escolas vêm fazendo um trabalho para incentivar suas crianças a ler, apesar de ainda faltarem muitos degraus para alcançar o topo, mas a verdade é que sozinha ela não consegue desenvolver 100% esse trabalho. O hábito da leitura deve começar dentro de casa, são os pais os responsáveis em apresentar o primeiro livro ao filho e ler para aquelas que ainda não foram alfabetizadas, na intenção de aguçar o interesse da criança.

Porém, há uma grande reclamação dos professores em relação à falta de interesse dos pais em ensinar o filho o caminho para os livros. “Hoje, os pais misturam muito a questão de educação com conhecimento, então eles têm que entender que o professor está na sala de aula para o conhecimento, mas o interesse pelos livros e a educação tem que ser iniciado em casa”, afirma a professora Emília.

Os livros influenciam no comportamento da criança, é perceptível que uma criança que lê fala e entende melhor o mundo em que vive, ao contrário daquela que desde cedo já é influenciada pela modernidade tecnológica e esquecem as velhas fontes de conhecimento, e apesar dessa tecnologia trazer muitos benefícios, as pessoas desde cedo já estão começando a usar esta ferramenta de forma errada, e a tendência é piorar.

O número de pessoas que leem está bem menor entre crianças do ensino fundamental, e o mesmo vem ocorrendo com os adolescentes do ensino médio. E quando se trata de adolescente o método para atraí-los deve ser diferente e inovadora a cada dia, pois o mundo muda a toda hora para os jovens. O Brasil ainda merece muita atenção em relação a esse fato.


-Bruna Alves 

11 comentários:

  1. Não sei se concordo com a frase inicial. Acho que a pessoa já nasce com o gosto para leitura. Eu tiro eu mesmo como exemplo. Na minha casa ninguém nunca leu nada, nem nunca vi ninguém com um livro na mão e quando aprendi a ler, virei rata de biblioteca. mas acho que os pais devem incentivar a leitura sim, nem que seja comprando HQ para as crianças.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo seu ponto de vista, mas devemos levar em consideração que as pessoas são influenciadas pelo meio em que vivem. Na sua casa ninguém lia, mas de alguma forma você foi apresentada a esse meio literário. Eu por exemplo, tenho certeza que não nasci com o gosto pela leitura, mas fui apresentada aos livros ainda jovem, e essa é a ideia do texto, que as pessoas apresentem esse universo às crianças.
      Os pais são a base, por isso eles deveriam fazer isso primeiro.

      Excluir
  2. Uou, Bruna. Adorei esse post, realmente demais! Pois é, o número de leitores cresceu demais em comparação ao que se lia antes, mas esse pessoal que está vindo agora precisa de motivação para entrar nesse mundo, amei o post.

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Nossa, adorei o post. Concordo que as crianças devem estar sempre sendo influenciadas a ler, pois dessa forma elas vão adquirindo conhecimento e também aprendendo a gostar de ler e decidir que tipo de livros gostam mais. :)
    Foi lendo que descobri que amava ler!

    Abraços, Andreza ;D
    Vida em Pixels

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?

    Adorei o post. Acho muito bom as crianças já criarem um interesse, mas não é bom forçar elas a isso. Eu tenho um irmão de 8 anos e antes ele não queria ler de jeito nenhum, mas agora está começando com gibis e creio que em breve irá partir para os livros.

    Beijos, Ana K | http://universoaoquadrado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Bruna, infelizmente hoje em dia as crianças não tem esse gosto pela leitura, talvez por causa de computadores e celulares, muitas nem sabem como é bom pegar um livro e apreciar suas páginas, o que é lamentável. Quem sabe um dia isso mude né? O Brasil está apostando muito em leituras, e com isso quem sabe chame a atenção das crianças.

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com

    ResponderExcluir
  6. Triste ver que as próximas gerações não leem, né?
    É tão incrível e maravilhoso!
    Eu faço a minha parte, incentivo as minhas sobrinhas e mesmo as "crianças" grandes da minha idade, haha.
    Esperança é a última que morre, né?
    Sempre soube que ler para crianças faz a diferença. Vou continuar lendo.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito da sua postagem. Na minha realidade, as crianças estão lendo, fico feliz com isso. Sua postagem está tão fantástica que vou compartilhar-la com meus amigos.
    Mil beijos e belo texto.

    Moda e Eu.

    ResponderExcluir
  8. Adorei o post.
    A leitura infantil está ficando cada vez menos comum, e é muito triste isso.
    Precisamos fazer a diferença,e estimular nossas crianças.
    Amei sua iniciativa de abordar esse assunto no blog.
    beijos

    www.revistadarafa.com.br

    ResponderExcluir
  9. Aaaah eu lembro dos livros que minha mae lia pra mim antes de dormir... todos os dias, eu chegava e pedia "conta, conta !!" hahahaha até hoje tem esse livro guardado... o livro que minha avó lia... lembro de todos! quando eu tiver um filho, vou manter a tradição =) um beijo

    Eu.Nomadiando

    ResponderExcluir
  10. Meus pais sempre me incentivaram a leitura, e como você disse, esse hábito esta cada vez mais extinto! Acho que todos precisamos da leitura, mesmo quem não goste, pois além de enriquecer o palavreado, com certeza, enriquece a mente.

    Beijos, Juliana.
    http://afinefrenzzy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir