3/04/2014

Resenha: Elixir

Titulo: Elixir
Autora: Hilary Duff
Editora iD
Paginas: 280
Onde Comprar: Submarino

Sinopse: Com seus dezessete anos, Clea Raymond vem sentindo o brilho dos holofotes desde que nasceu. Filha de um renomado cirurgião e uma importante política, ela se tornou uma talentosa fotojornalista, refugiando-se em um mundo que a permite viajar para diversos lugares exóticos.
No entanto, após seu pai ter desaparecido em uma missão humanitária, Clea começa a perceber imagens sinistras e obscuras em suas fotos revelando um belo homem que ela nunca viu antes.
Quando o destino faz Clea se encontrar com esse homem, ela fica espantada pela conexão forte e instantânea que sente por ele. Conforme se aproximam e se envolvem no mistério do desaparecimento do pai de Clea, eles descobrem a verdade secular por trás dessa intensa ligação. 


Resenha: Elixir nos conta a história de Clea, uma jovem de 17 anos, filha de uma importante senadora dos EUA e que teve o pai como desaparecido quando ele fazia uma missão humanitária no Brasil. Depois que perdeu o pai, Clea começou a fotografar, ela fazia trabalhos como freelancer e também fotografava suas viagens. O livro, narrado em primeira pessoa, nos trás o cenário de Paris no primeiro capitulo. Clea está de férias e está curtindo uma noite na balada com sua melhor amiga Rayna. Mas acontece que ela não está tão satisfeita como deveria. Clea está meio triste e morrendo de vontade de voltar para o hotel em que está hospedada.

Ao perceber que a amiga não está muito bem, Rayna tenta agitar um pouco o animo de Clea, mas não dá certo. Então ela volta pro hotel enquanto Rayna vai pro apartamento de um cara que ela conheceu na balada. Tudo parece ótimo depois que Clea toma o seu banho e deita na cama, mas ao ligar a TV uma noticia de incêndio de um prédio começa a preocupa-la pois o prédio era do tal cara que Rayna tinha ido passar a noite. Mas foi só um susto, sua amiga estava bem e totalmente fora de perigo.

Aproveitando o momento, Clea resolve tirar umas fotos do prédio e depois analisar quando voltasse pra sua casa no estado de Connecticut. Bom, é aí que história começa a acontecer de verdade, pois Clea começa a perceber a presença de um homem em todas as suas fotos, não importando onde a imagem tinha sido tirada, ele sempre estava lá. Isso a assustou, e sem saber o que fazer ela contou o que estava acontecendo para seu amigo Ben, um jovem que trabalhava para a família desde quando o pai de Clea ainda estava vivo.

Ao explicar tudo o que estava acontecendo para Ben, ela descobre que esse homem não a acompanha nas fotos há pouco tempo e sim desde que ela nasceu. O pai de Clea, já sabia disso antes de desaparecer/morrer, mas nunca tinha revelado à ninguém, só para o Ben que é o segurança da família. E então Clea começa a tentar entender, com a ajuda de Ben, o que significava tudo aquilo. E é em uma viagem para o Brasil, para tentar entender a desaparecimento de seu pai, que Clea se encontra com o tal homem, sem querer, no meio da praia e em pleno carnaval. A partir daí, muitas coisas vão ser esclarecidas, como por exemplo, porque esse tal homem sempre aparece nas fotos de Clea, vamos saber mais sobre o Elixir (um assunto no qual o pai de Clea era fascinado) e vamos viver junto com Clea os dilemas de um triangulo amoroso.

Elixir foi um livro que me surpreendeu bastante, primeiro porque eu não esperava muita coisa da autora, pois sempre há aquele preconceito de livros escritos por atores como Hilary Duff e segundo, o nome não me atraiu de primeira. Mas mesmo assim me arrisquei em solicitar o livro para a Editora, e a boa noticia? eu amei este livro, quando acabei de ler solicitei o segundo livro na mesma hora.

É uma história intrigante e cheia de mistérios, não dá pra parar antes de descobrir tudo o que está acontecendo por trás de todos os personagens. E já falando de personagens, posso dizer que praticamente todos foram muito bem construídos, pois cada um tem um papel importante na história ou reserva algum segredo sobre o passado que provavelmente contribuirá para o presente ou não. E de todos, eu gostei mais do Ben, alem de sua beleza descrita no livro, ele detestou o carnaval, acho que comecei a ama-lo a partir daí :)

Elixir já está super recomendado, acho que todos deveriam se aventurar na história da Hilary, é ótima!
-Bruna Alves

7 comentários:

  1. Oi! Tudo bem?

    Tenho um amigo que é super fã da Hillary Duff e ele comprou o livro, é claro.
    Confesso que nunca nem parei para ler a sinopse e achava até que era algo do tipo autobiográfico. Achei o enredo interessante, vou procurar para ler. Quem sabe, assim como você, eu acabe me surpreendendo né?

    Beijos,

    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu amo e Hilary Duff, tive a sorte de conhecê-la na Bienal do livro! Ela é uma fofa, e gostei muito desse livro, espero que ela escreva outros :D
    Beijos
    http://www.gemeasescritoras.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Bruna.
    Nossa eu já tive tanta vontade de ler esse livro por conta de ser da Hilary que adoro, mas depois acabei deixando ele esquecido.
    E vendo sua opinião positiva e empolgante agora me deu vontade de correr pra ele.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  4. Olhe, eu até vi esse livro em promoção um dia, mas assim como você fiquei com um pé atrás com a autora. Que bom que você gostou, me animou mais.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Acabei de me tocar que nunca li uma resenha desse livro... Eu amava a Hillary como atriz/cantora, e fico super feliz em saber que ela se deu bem como escritora também! O outro livro é continuação ou são histórias separadas?

    Beijos
    https://escolhasliterarias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Nossa não sabia que um pedaço desse livro se passava no Brasil. Legal da parte da autora fazer isso. Adorei a trama e esse clima de mistério no ar. Muito boa a resenha, parabéns. Bjoks da Gica.

    umaleitoraaquariana.blogspot.com
    @GicaTeles

    ResponderExcluir
  7. acabei de ler a resenha e quando eu puder eu quero lê-lo
    vc tem o livro em casa ? me empresta ? kkkkk

    ResponderExcluir