1/27/2014

Resenha: Transformando Suor em Ouro

Titulo: Transformando Suor em Ouro
Autor: Bernardinho
Editora Sextante
Paginas: 208
Onde Comprar: Saraiva

Sinopse: Há muitas frases ditas pelo Bernardinho que merecem ser guardadas para nossa reflexão. Certamente neste livro você irá encontrar várias delas. Algumas simples, outras complexas, mas todas com um conteúdo que resume, em pequenas doses de sabedoria, o segredo de tanto sucesso.

Resenha: Comecei a ler esse livro por indicação do meu tio, inclusive foi ele mesmo quem me emprestou o exemplar. Eu devo dizer que biografias não são o meu gênero literário favorito, mas decidi arriscar. Neste livro é possível ter uma visão ampla da carreira e do trabalho do treinador Bernardinho. Eu nunca imaginei que um dia pudesse dar mais atenção em certas coisas antes de ler esse livro, mas posso dizer que meus olhos estão mais abertos para o que me cerca.

Quem um dia poderia imaginar que aquele jovem reserva poderia se tornar o treinador que é hoje, é possível perceber o motivo de tanto sucesso e realização. Aqui, nesta resenha, vou dizer as coisas que mais me chamaram a atenção e que pretendo usar durante a minha vida.

Quando assistimos ao jogo de vôlei, ou quando simplesmente vemos os comentários nos programas de esporte, é normal pensarmos que Bernardinho é um louco competitivo (pelo menos era assim comigo). E no final de tudo, o que ganhávamos? Uma vitória. Agora, o que será que Bernardinho fazia para colecionar tantas vitórias na seleção brasileira de vôlei? De várias coisas que Bernardinho citou, eu vou dizer apenas duas: Espirito de equipe e motivação. Pra mim esses são os principais motivos de tantas realizações da seleção.

É possível perceber o quanto Bernardinho bate na tecla da união entre a equipe, é algo que parece muito lógico mas que não é possível enxergar em todas as equipes de vôlei, ou em outros lugares de trabalho. Afinal trabalho em equipe engloba muitas áreas. Se preocupar com o próximo e trabalhar em conjunto eleva o grau de união. É necessário não cair na armadilha da vaidade e do ego.
A escolha das pessoas certas e o trabalho em equipe são passos fundamentais para desempenhos de alto nível. A consciência de que a interdependência e a complementaridade das funções entre as peças tornam o trabalho coletivo eficaz é o que gera o verdadeiro brilho da equipe.
Pag. 193
E claro que se há união, há motivação. Não existe empenho e comprometimento se não nos sentirmos motivados e isso é uma das coisas que Bernardinho mais exemplificou no livro. Na página 81 ele cita o momento em que as meninas do vôlei perdeu um jogo e visivelmente se sentiam abatidas e desmotivadas. Foi quando ele prometeu que se atiraria no lago caso as meninas ganhassem os próximos jogos e fossem campeãs. Parece algo simples, mas é uma atitude motivadora, algo que só um líder faria, e adivinha... Elas ganharam, coitado do treinador, teve que mergulhar num lago em um inverno congelante.

Já pulando para a pagina 201, eu consegui gravar algo muito importante, como desafiar as situações precárias, ou seja, fazer com que as situações desconfortáveis se torne motivação para melhorar ainda mais e estar sempre buscando a excelência.
Nem sempre conseguimos prover as condições desejadas e, como em muitos exemplos citados neste livro, usamos as condições precárias ou desfavoráveis a nosso favor, como desafio e fonte de motivação.
Pag. 201.
Valeu muito a pena ler este livro, foi como uma aula pra minha vida. Bernardinho é um profissional focado e obcecado pelo que faz e se antes eu tinha duvidas de onde vinha tanto sucesso, agora eu tenho certeza. Essa resenha é não é a metade das coisas importantes citadas e contadas no livro. Transformando Suor em Ouro vai te dar grandes segredos para o sucesso, é algo que eu vou levar pra minha vida profissional e se possível na minha vida pessoal também.

-Bruna Alves

6 comentários:

  1. Não curto livros deste gênero! :/
    Acho que nem perderia tempo lendo...
    beijos
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não curto muito livros do gênero, mas o Bernadinho é super gente boa, e a galera do vôlei brasileiro tanto feminino como masculino é super gente boa. Sem deixar de mencionar que há um tempo atrás fui já capitão em um timo no colégio, então sim, eu leria. Adorei a resenha.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha. Não é um livro que eu leria, pois não gosto desse gênero. Mas deve ser bem interessante. Gosto de vôlei e acompanhei o Bernardinho um bom tempo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Ah, não curto livros assim =/
    Então nem pararia pra ler, não me prende.

    Bjs.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Bruna, o Bernardinho é um super profissional do esporte e é muito legal que as pessoas valorizam o seu trabalho! E amo livros assim, que motivam a gente!

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Gente eu nem sabia desse livro!
    Eu adoro o Bernardinho! Ta aí uma biografia que eu gostaria de ler hahahaa
    Beijinhos,
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir